Rede de Rastreio Comunitária

Este projeto prevê um sistema de deteção precoce de VIH, vírus da hepatite B (VHB), vírus da hepatite C (VHC) e sífilis, com base em Organizações da Sociedade Civil, dirigido a populações consideradas em risco acrescido (profissionais do sexo, pessoas que usam drogas, população migrante e homens que têm sexo com homens). O projeto, promovido pelo GAT e em parceria com  Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto e o Serviço de Imunohemoterapia do Centro Hospitalar de São João, tem como principal objetivo colocar em funcionamento um sistema de deteção precoce de VIH, VHB, VHC e sífilis (facilitando o acesso ao diagnóstico de outras IST sempre que possível), bem como de recolha e reporte de dados com base nas organizações de base comunitária, que permita a vigilância do estado epidemiológico das infeções a rastrear nas populações de mais difícil acesso, e que tendencialmente têm contacto reduzido com as estruturas formais, e complementando desta forma a intervenção do sistema formal de saúde e, em simultâneo, assegurar referenciação adequada e acompanhamento das pessoas com resultados reativos para os serviços do SNS.

Para mais informações, consultar o site oficial.

Equipa

GAT

Coordenação - Daniel Simões

Monitorização - Rosa Freitas

Comunicação - Érica Almeida Postiço

Apoio à implementação - Telma Martins

Administrativa - Ana Pisco

Responsável de formação - Miguel Rocha

 

ISPUP 

Supervisão - Henrique Barros

Coordenação - Paula Meireles

Bolseiras - Ana Aguiar e Joana Cima

 

Centro Hospitalar de São João

Supervisão - Fernando Araújo

Responsável de monitorização - Carmo Koch

Responsável financeira - Sofia Leal

Técnica laboratorial - Edite Guedes

 

Contactos

Contacto: daniel.simoes@gatportugal.org ou rosa.freitas@gatportugal.or

Site: www.redederastreio.pt

Parcerias

 
Materiais:

 

Financiamento:

  • EEA Grants
  • Gilead
  • Janssen

Com o apoio financeiro da Noruega, Islândia e Liechtenstein através do mecanismo europeu EEA Grants gerido pela Administração Central de Sistema de Saúde.

www.eeagrants.org