CORE - Community Response to End Inequalities (Resposta da Comunidade para pôr fim às Desigualdades)

Objetivo: A União Europeia e os seus Estados-Membros (EM) fizeram progressos consideráveis no sentido de alcançar o Objetivo 3 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável "Assegurar vidas saudáveis e promover o bem-estar para todos em todas as idades, e o seu objetivo específico de acabar com o VIH/SIDA, TB, e outras doenças transmissíveis. Contudo, ainda existem diferenças e desigualdades significativas que impedem novos progressos em direção a estes objetivos dentro da UE, nomeadamente entre os EM, e entre e dentro das comunidades afetadas. O Projecto CORE - "Community Response to End Inequalities" visa reduzir estas desigualdades, promovendo, reforçando e integrando as respostas comunitárias que se revelaram fundamentais para alcançar as populações mais difíceis de alcançar pelos serviços de prevenção e cuidados de saúde, especialmente nos EM em que estas respostas ainda não existem. Para reforçar as respostas comunitárias, o CORE utilizará o desenvolvimento de capacidades, o trabalho em rede, e o intercâmbio de boas práticas e abordagens inovadoras, incluindo a monitorização e comunicação de dados. Para promover a integração destas abordagens nas estratégias e sistemas de prevenção de doenças e de promoção da saúde, abordará questões jurídicas, políticas e estruturais. Terá por base e intensificará a colaboração de redes regionais e organizações nacionais e locais de pessoas que vivem com VIH, populações-chave, e organizações de prestadores de serviços. Utilizará, adaptará, e divulgará as abordagens e ferramentas de boas práticas nacionais, regionais e globais existentes em populações e áreas chave da doença, e fornecerá plataformas de intercâmbio. O CORE irá concentrar-se na expansão, reforço e suporte de iniciativas comunitárias para que possam trabalhar com as comunidades deixadas para trás nas respostas nacionais. Irá integrar e harmonizar as respostas comunitárias para responder, em particular, às necessidades das pessoas com múltiplas vulnerabilidades.

Promotor: AIDS ACTION EUROPE (AAE)

Implementação: Implementação por várias organizações dos seguintes países: Alemanha, Bélgica, Bulgária, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Polónia, Portugal, República Checa, Roménia e Suécia.

Papel do GAT: Co-líder do Workpackage 5 - Desenvolvimento de Serviços com o objetivo principal: Consolidar e aumentar o âmbito e eficácia da prestação de serviços de base comunitária numa abordagem integrada de prevenção, rastreio, ligação aos cuidados e adesão ao tratamento. O enfoque será no diagnóstico precoce das infeções por VIH, hepatites viral, IST e Tuberculose utilizando um instrumento de recolha de dados baseado em necessidades identificadas pela comunidade.

Duração: 1 de Janeiro de 2023 - 31 de Dezembro de 2025 Julho (36 meses)

Financiamento: Agência Europeia de Saúde e Execução Digital (HADEA)