Quem Somos

 

O GAT - Grupo de Ativistas em Tratamentos, fundado em 2001, é uma estrutura de adesão individual e de cooperação entre pessoas de diferentes comunidades e de diferentes organizações, afetadas pelo VIH e SIDA, infeções sexualmente transmissíveis, hepatites virais e tuberculose. Trata-se de uma organização não-governamental, sem fins lucrativos registada como IPSS com o nº 11/04 no Livro n 2º das Instituições com Fins de Saúde, e sede em Lisboa.

Advoga mudanças legais e políticas que afetem positivamente a saúde, os direitos e a qualidade de vidas das pessoas que vivem com VIH ou em risco de se infetarem.

O GAT pretende assim contribuir para os objetivos da ONUSIDA, bem como os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, nomeadamente o terceiro, dando respostas que permitam influenciar os objetivos que estão ao seu alcance, através de uma estratégia de intervenção em áreas-chave das políticas de saúde pública e (do) envolvimento das comunidades mais afetadas e vulneráveis a estas infeções na prestação de cuidados e definição das melhores práticas e políticas, no respeito integral dos direitos humanos, das boas práticas e das políticas internacionais.

 As atividades do GAT baseiam-se nas seguintes áreas de intervenção:
- Prevenção;
- Diagnóstico precoce e acesso aos serviços de saúde;
- Tratamento;
- Discriminação e Estigma;
- Produção de Conhecimento.

 

Órgãos Sociais  

               

DIREÇÃO

Presidente - Luis Mendão                
Vice-Presidente -  João Brito
Tesoureiro - Mário Rui Braga
Secretária - Marta Maia 
Vogal -  Érica Postiço

           
               

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

Presidente - Armando Guimarães
1º Secretário - Alexandra Queiroz
2º Secretário - António Parente

               

CONSELHO FISCAL

Presidente - Filipa Aragão
Secretário - Nuno Fernandes 
Relator - José Loureiro